Crônicas, lifestyle, armário-cápsula, nerdices e vida na Bélgica.

Filmes, Livros

Ragnarök na Mitologia Nórdica

Conheça a mitologia por trás dos quadrinhos de Thor, e saiba a verdadeira história que servirá de base para o filme Thor: Ragnarök.

Ragnarok, o apocalipse nórdico - Imaginação Fértil

Ragnarök, o apocalipse nórdico. Imagem by Minilua.

Não é coincidência: os quadrinhos se baseiam em lendas, crenças e histórias da antiguidade para a construção de seus personagens e até mesmo, para a proposiçao de conflitos e enredos. Que o diga os quadrinhos de Thor, altamente baseados em personagens muito conhecidos da Mitologia Nórdica.

Quem acompanha os filmes de super-heróis do universo Marvel já sabe que o nome do próximo filme da franquia de Thor se chamará Ragnarök e será o mais sombrio dos 3 filmes do Deus do Trovão. Mas o que vem a ser, especificamente, Ragnarök? Para quem desconhece a mitologia nórdica, este é o nome do Apocalipse no mundo de Thor.

A série de eventos que culmina com o caos entre os mundos, conta com uma batalha que elimina figuras importantes como Odin Loki. Além disso, desastres naturais, com o mundo submerso em águas. Depois do Crepúsculo dos Deuses, o universo estruturado em Yggdrasil volta ser fértil e repovoado por alguns humanos sobreviventes e deuses renascidos.

Representação antiga de Ragnarok - Imaginação Fértil

Representação antiga de Ragnarök. Imagem by Wikipédia.

Como é o Universo da Mitologia Nórdica

Mitologia Nórdica é o nome dado ao conjunto de lendas, histórias e crenças conhecidas, propagadas pelos povos escandinávos, tendo o seu auge na Era Viking. É também conhecida como Mitologia GermânicaMitologia Escandinava Mitologia Viking

O universo da mitologia nórdica é um tanto quanto diferente do nosso: tem como eixo Yggdrasil, árvore que sustenta os 9 mundos que em Ragnarök, entram em conflito. São eles: Godheim (Asgard, Ásgarðr) – mundo do Æsir; Mannheim (Midgard, Miðgarðr) – mundo dos homens e trolls; Jotunheim (Utgard,Jötunheimr) – mundo dos gigantes e gigantes de gelo (ambos Jotuns); Vanaheim (Vanaheimr) – mundo dos Vanir; Alfheim (Álflheimr) – mundo do elfos claros; Musphelhein – mundo dos gigantes de fogo; Svartalfheim (Nidavellir) – mundo dos elfos negros (svartálfar) e dos anões; Helheim –  mundo dos mortos; Niflheim – mundo do gelo eterno.

Mapa de Yggdrasil - Imaginação Fértil

Mapa de Yggdrasil. Imagem by Deviant Art.

O que esperar de Thor: Ragnarök

Além da divulgação do nome do terceiro filme do super-herói, o presidente do estúdio produtor fez uma única afirmação: tudo vai mudar no universo cinematrográfico da Marvel depois de Ragnarök. A promessa é de que o filme altere toda a ordem existente, assim como o O Soldado Invernal foi para o Capitão América.

Thor - Imaginação Fértil

Thor. Imagem divulgação Marvel.

Existem muitas especulações, torcidas contra e à favor do fim do Deus do Trovão. Como a presença de Thor em outros filmes depois de Ragnarök já é certa, restam duas alternativas: ele sobrevive e passa a comandar Asgard na sua reconstrução, assumindo o posto de seu pai Odin, com o surgimento de vários novos personagens; ou Thor morre e entra em ação o seu clone.

No Ragnarök da mitologia nórdica, Thor vence a serpente, mas morre envenenado. O que não significa o fim para um asgardiano, considerando sua capacidade de ressugir já mencionada tanto no mito, quando na ficção dos quadrinhos e do cinema.

Façam suas apostas!

One thought on “Ragnarök na Mitologia Nórdica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.