Crônicas, lifestyle, armário-cápsula, nerdices e vida na Bélgica.

Estilo

Armário Cápsula | Verão 2017

Começou a minha quarta experiência com o capsule wardrobe!

As calças que separei para este armário-cápsula de verão.

Bem, aqui estou para meu quarto armário-cápsula, o primeiro de verão. Com mais de uma semana de atraso, mas com muitas ideias em mente. A primeira delas é que ao final dessa temporada, após o post de análise desse Armário-Cápsula de Verão 2017, fazer uma grande reflexão sobre a experiência como um todo.

De qualquer maneira, sempre é bom lembrar que nem todo mundo precisa (muito menos deve!) viver com um capsule wardrobe. Essa é uma experiência bem pessoal, que optei porque quero refinar meu estilo, melhorar minha forma de comprar (comprar menos e com mais qualidade) e usar melhor as minhas roupas. Mas você não necessariamente precisa disso – compartilho minha experiência com quem quer aprender mais sobre viver com um armário-cápsula – e de forma alguma estou aqui para ditar regras.

Mas vamos ao resultado? Abaixo, segue como ficou meu armário-cápsula, seguido de:

  • Processo;
  • O que tem de novo;
  • 10 peças, 10 outfits – versão viajar com bagagem de mão;
  • Para acompanhar.

Armário-Cápsula | Verão 2017

Assim ficou meu armário-cápsula de verão 2017!

— — —

Processo

  • Buscando inspiração

Meu quadro de inspirações no Pinterest! Para acessar, clique na imagem.

Eu fiquei bem empolgada com essa temporada do armário-cápsula verão 2017, afinal tinha muita coisa que não via/usava há muito tempo. Eu passei o último verão com o braço engessado (leia sobre isso aqui!), então era usar o que servia. Algumas coisas eu havia usado no verão do BR em dezembro passado, e algumas outras várias eu comprei nos períodos de liquidação. Então estou louca para usar tudo!

Também considerei que por neste período as atividades por aqui são intensas, mas nada muito formal e sim prático. Por isso investi em um número maior de peças, para evitar como na estação passada e precisar fazer empréstimos (nem precisar usar demais as mesmas roupas). Equilíbrio entre peças de calor x frio também foi um elemento importante na hora de escolher tudo, pois apesar de sofrer com o calor no final da primavera, esta primeira semana de verão tem sido bem refrescante!

Por fim, quando saí para comprar o que faltava no meu capsule wardrobe, tinha comigo um board de inspirações que montei no Pinterest para a estação! Com ele ficou bem mais fácil nortear as minhas escolhas na hora de montar o armário-cápsula.

  • Cartela de cores

Percebi que muitas das peças que queria usar nesta estação eram azul ou azul marinho, e foram elas que nortearam a paleta de cores do meu armário-cápsula de verão. Pode não ser uma cor muito verão, mas identifico esse como um sinal de que já conheço muito mais do meu estilo e preferências pessoais.

E sim, eu sou bem neutra nas minhas escolhas, e esse vermelhinho aí passa pela minha tentativa de investir em uma das cores da estação, sem ter que comprar roupa nova (além do que comprei!). Outro destaque nas minhas escolhas são as listras (estou amando!) e algumas estampas mais ton sur ton.

  • Número de peças

Para este armário-cápsula, escolhi 40 peças de roupa. Sim, isso mesmo. Não parece nada minimalista, eu sei. Mas se analisarmos que, pelo menos metade do que faz parte do guarda-roupa de verão, são peças básicas como camisetas e regatas.

No total, para o armário-cápsula de verão 2017 selecionei: 6 calças, 4 casacos (blazer, jaqueta jeans, jaqueta de couro e trench coat), 2 shorts, 3 saias, 4 vestidos, 1 macacão curto, 4 camisas, 6 blusas de manga comprida (incluindo o moletom com zíper), 10 blusas de manga curta (entre elas, regatas).

  • Roupas de brechó

Saia de couro adquirida em brechó de Bruxelas!

Voltei a comprar roupas de brechó! Já fiz mais de um post falando sobre lojas e ocasiões onde se pode comprar roupas usadas aqui em Bruxelas, para ler mais, leia aqui e aqui. Próximo post sobre o assunto será sobre os que vendem roupas normais, não de luxo, e aqui tem excelentes opções para quem gosta de garimpar!

A saia mais comprida de couro deste armário-cápsula eu adquiri em um brechó que vende por quilo. Vou postar mais sobre este assunto durante esta temporada.

  • Fast fashion

O que muita gente faz ao iniciar a viver com um armário-cápsula é parar (ou diminuir) as compras em lojas fast fashion. Primeiro, por conta de seu próprio conceito, de fornecer aquilo que é moda no momento. Segundo, por conta da qualidade, que nem sempre é boa (afinal é roupa para uma temporada!). Não estou aqui para julgar modelo de negócios, condenar ou defender alguém. Mas acho válido explicar porque eu continuo comprando (em menor quantidade, é claro).

Uma é a questão de dinheiro, óbvio. A diferença de preço é absurda. Outra apesar de existirem excelentes marcas locais – e adoraria prestigiar as mesmas! é bem mais difícil encontrar algo que se procura (falo de cor e modelagem) de designers locais, que costumam ter coleções menores. Acho que é muito questão de casar oportunidade com a sua necessidade real.

Mas eu ainda vou chegar lá. Por hora, sigo garimpando em fast fashion coisas que preciso, atentando muito para a qualidade (veja como comprar roupas de qualidade neste post aqui) e me sentindo bem sucedida. Todas as minhas roupas e calçados tem sido adquiridos em lojas bem acessíveis, a grande maioria infelizmente não tem loja no Brasil, como a Mango e a H&M.

— — —

O que tem de novo

Apesar desse armário-cápsula estar lotado de coisas que nunca passaram por aqui, afinal é meu primeiro verão minimalista, vou mostrar só aquilo que é realmente novo.

Novidades ainda não “inauguradas” no meu capsule wardrobe de verão!

  • Suéter H&M (comprei no inverno, mas não usei!) – queria um azul marinho e comprei esse que é do mesmo material de outro preto que tenho deles. Um clássico;
  • Camisa listrada H&M (comprei semana passada) – eu queria uma com as listras diferentes de azul e quando achei essa com esse punho gigante, nem pestanejei e levei. Estava com desconto;
  • Saia de couro sem marca(de brechó, comprei esta semana) – fui garimpar com uma amiga e despretensiosamente, arrematei esta que já estou louca para usar, de couro de ovelha, bem macio;
  • Trench coat Mango (comprei na liquidação de janeiro, ainda não usei) – estava desejando um casaco bem leve e comprido e quando encontrei este por uma pechincha no site da marca, comprei;
  • Vestido H&M (comprei na semana passada) – precisava de mais vestidos para enfrentar o calor e este tinha cor, modelagem e preço que me convenceram a comprar, rsrsrs.

— — —

10 peças, 10 outfits – versão viajar com bagagem de mão

Na temporada passada fiz posts com o desafio 10 look com 10 peças de roupa do armário-cápsula de primavera, e você pode ver como foi aqui e aqui. Neste verão, que é uma época onde viajamos mais, venho com uma proposta diferente: montar 10 looks com 10 peças (roupas e calçados) como se estivesse preparando uma viagem levando apenas bagagem de mão.

Pensei em elaborar dessa forma, para inspirar quem deseja viajar com menos bagagem, uma vez que várias companhias aéreas passaram a cobrar por bagagem despachada. Também porque esse é o modus operandi de quem vive na Europa e faz passeios de final de semana: vôos low cost e bagagem de mão.

— — —

Para acompanhar

Para ver como vai seguir rolando essa função toda de montar looks e criar com seu guarda-roupa, além dos posts no blog, semanalmente no Instagram @janinastasiak tem outfits e a série Ctrl C + Ctrl V. Nele, mostro como é possível buscar inspiração em mulheres estilosas para se vestir melhor no seu dia a dia.

— — —

Capsules anteriores e demais posts para inspiração

One thought on “Armário Cápsula | Verão 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *