Cronista da vida, das coisas e do mundo. Cultura, moda e arte.

Música

Useless do Depeche Mode

Música Useless dos britânicos do Depeche Mode neste música de segunda.

Basicamente, desde o último música de segunda no final de novembro do ano passado que esta Useless do Depeche Mode toca no meu play imaginário. Lembro que logo que começou a tocar mentalmente, estava conversando com alguém sobre música e fui mostrar essa.

Na ocasião, tive um breve susto. Jurava que era recente, pois amo as músicas deles, mas não sou profunda conhecedora. E no vídeo oficial que coloquei acima, dá para ver claramente como eles eram novinhos. E que além do ritmo das músicas do Depeche Mode, assim como os vocais de Dave Gahan são atemporais.

Mas vamos no deter a algo que realmente gosto de debater (sozinha) neste música de segunda: a letra. Lançada em 20 de outubro de 1997 como quarto single do disco Ultra, Useless (assim como a grande maioria das músicas do Depeche Mode) tem letra de Martin Gore.

Martin Gore, compositor da grande maioria das músicas do Depeche Mode.

Eu pouco encontrei sobre o real significado dessa letra, mas há quem afirme que seja um diálogo, que primeiro descreve a culpa de alguém que percebeu que é um fardo para as pessoas ao seu redor. Depois muda os holofotes para quem o chamou de fardo. Mostra a consciência de si mesmo e das pessoas ao seu redor.

Mas isso me fez lembrar de uma reportagem do Mirror UK, de 2014 que calculou quem era a banda/músico com as letras mais sofisticadas. Eles analisaram diversas e calcularam quantos anos a pessoa teria que estudar para compreender as músicas de alguns compositores britânicos.

E, segundo a pesquisa, a compreensão de uma música média do Depenche Mode requer ao menos 10,3 anos de estudo. E colocou a banda na frente de outros músicos brilhantes, como David Bowie por exemplo (saudades!), e Beatles.

Useless, o que você achou?

Mas e aí, você concorda com a pesquisa do Mirror? Gosta dessa música, conhece ela? Deixe-me saber nos comentários!

— — —

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.