Crônicas, lifestyle, armário-cápsula, nerdices e vida na Bélgica.

Geral

Uma Lady não consegue ofender ninguém

A cidade está quase cinza. Apesar das tranqüilas trovoadas que pode-se ouvir logo ali, vindas de trás do morro, mas ainda falta muito para chover. O problema é que a melancolia chegou quando o sol ardia e queimava, e isso não é normal.

Enfim, o que é normal? Acho que sei quem pode dizer. Eles. Eles que sabem tudo, que não te ligam para contar coisas alegres, mas se ofendem e brigam contigo porque tu está fazendo algo que eles não gostam. Porque eles sempre tem que se intrometer na tua vida por coisas que nada tem a ver com a vida deles. Porque eles sempre acham que devem te dizer o que fazer, porque eles não sabem como é a tua vida e que as coisas que tu faz que só fazem mal para ti, cara, são as coisas que te fazem companhia quando eles nunca estão por perto para ao menos conversar.

Conversar, sabe? Eu curto conversar com as pessoas. Tudo bem que ultimamente estou mais querendo ouvir do que falar, mas eu já falo tanto, tem hora que a língua cansa.

E a Lady apesar de todas as coisas chatas que acontecem (e todas as boas que não acontecem), não consegue ser mal educa e mandar que se mandem para aquele lugar, como de vez em quando eles bem que merecem.

C’est la vie…tem pessoas que realmente gostam de incomodar os outros. Sai fora jaburu, eu gosto é de fazer os outros sorrir. Se não gosta de sorrir e estas coisas alegres, problema teu. Eu é que não vou te encher por causa disso.

Beijo! – Janina Stasiak, 08/01/2009 – 11h34

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.