Crônicas, lifestyle, armário-cápsula, nerdices e vida na Bélgica.

Geral

Que saudade!

Flagrei-me hoje com saudade de como eu era antigamente.
Não tão antigamente assim, nem saudade do que era completamente.
Apenas uma parte mais ousada, mais ativa.
O negócio é definir uma meta por vez e passar para outra apenas quando atingir a mesma.
Minha meta neste momento é voltar a ter o “dane-se” como filosofia.
Aos poucos deixarei de ter saudades de coisas velhas e antigas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.