Cronista da vida, das coisas e do mundo. Lifestyle, um pouco de tudo.

Música

Precious do Depeche Mode, no música de segunda

Mais uma das minhas músicas favoritas do Depeche Mode no música de segunda!

Talvez eu tenha sido meio injusta com a minha banda favorita de todos os tempos na distribuição de posts da tag música de segunda. Até o momento falei de poucas músicas do Depeche Mode, mas creio ser de bom tom não deixar a coisa monotônica. Se quiser saber quais, acesse aqui.

Mas eu precisava falar de Precious, que seguidamente me consome, ao mesmo tempo que me inspira em sentimentos tão diversos. Aquela sentimento digno de uns versos de Camões: “…um não sei quê, que nasce não sei onde, vem não sei como, e dói não sei porquê.”

Porém, foi só hoje que me dediquei a buscar o verdadeiro significado dessa amada música do Depeche Mode, e compartilho abaixo o que descobri. Menos romântico que que esperava, mas igualmente triste. Destaque para o music video de uma elegância que só eles conseguem imprimir, e com a mesma presença de palco característica de Dave Gahan.

— — —

Sobre Precious, do Depeche Mode

Precious foi escrita por Martin Gore que na época estava passando por um divórcio e esta faixa está centrada na simpatia que ele tinha por seus filhos por eles terem testemunhado isso. Em outras palavras, ele sente que eles não mereciam passar por tal turbulência emocional. Na verdade, ele e sua esposa sempre tentaram fazer o melhor por eles. Mas ele reconhece seus filhos como “frágeis” e inocentes. Então, além de sentir pena deles, ele implora que entendam que “as coisas quebram” e que mantenham a confiança em ambos os pais.

Este é o primeiro single lançado de Playing the Angel, e o 41º single da banda. Martin Gore disse que: “Precious em particular, para mim, é uma música sobre meus filhos, porque estou no meio de um divórcio no momento, e o que eles devem estar passando, o que soa um pouco country, mas obviamente não é feito no estilo. Mas a música por trás da letra é bastante otimista. Embora a experiência de separação tenha sido a inspiração para a música, você estará fazendo um desfavor a si mesmo ao restringir sua leitura da letra a esse evento.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.