Crônicas, lifestyle, armário-cápsula, nerdices e vida na Bélgica.

Geral

Nada

Queria, neste dia onde o trabalho simplesmente não rende, uma cama bem fofa e um abraço apertado. Queria a cabeça quieta de pensamentos e dúvidas e problemas e tristezas e emoções errôneas e sonhos ruins e insatisfações e sentimentos contraditórios.

Resumindo, eu queria nada, quando nada é o que eu não tenho. Se é que você me entende, ultimamente está mais difícil do que nunca fazer-me compreensível.

E isso tudo está bem confuso, eu sei. Vai dizer que eu sou louca, eu sei. Só se for louca por você, eu vou repetir isso até acreditar em mim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.