Cronista da vida, das coisas e do mundo. Lifestyle, um pouco de tudo.

Livros

Livros usados continuam sendo livros

Longe de mim querer militar a favor de que se compre apenas livros usados, mas quero apenas livrar você de qualquer preconceito.

Este último sábado foi dia de fazer uma visita em um dos vários sebos daqui do centro de Bruxelas. Entramos no Evasions (Rue du Midi, 89) e tínhamos a intensão de visitar outros…mas compramos tantos livros que resolvemos deixar para a próxima!

Não sei você, mas eu nunca tive problemas em adquirir livros usados. Nada contra livros novos (bem pelo contrário, afinal acabei de lançar um livro e quando a versão impressa estiver disponível, será um livro novo), mas quase toda minha biblioteca física é de livros adquiridos em livrarias de segunda mão.

O fato de ter trabalhado em um dos maiores sebos virtuais do Brasil por dois anos tem uma grande influência nisso. Sempre fui devoradora de bibliotecas (livro sempre foi caro no Brasil, e aqui não é diferente); logo manusear livros usados nunca foi um problema.

Mas percebo um certo preconceito em relação ao método: quase ninguém que conheço tem o costume de frequentar sebos. O que acho uma pena, pois é sempre muito gratificante descobrir livros que você nunca imaginou que existissem, possibilidades incríveis de leitura…por coisa de 2 ou 3 euros (no caso dessa nossa última aquisição).

Portanto, seguem alguns motivos para quem não tem o costume de comprar livros usados, para consumir de forma mais consciente.

Vantagens em adquirir livros usados

  • São mais baratos;
  • Tem uma história por trás do livro;
  • Sebos são um universo à parte, sem a formalidade de uma livraria;
  • Livros voltam a ter vida quando tem um novo dono;
  • Você tem menos receio de repassar para quem ainda não leu, incentivando a leitura de uma forma geral.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.