Cronista da vida, das coisas e do mundo. Cultura, moda e arte.

Geral

Blogmas 5 – Árvore de Natal

Você provavelmente já escolheu sua árvore de Natal, mas aqui vem algumas curiosidades sobre essa tradição na Bélgica.

A árvore de Natal é praticamente o start das festividades natalinas. Tradicionalmente ela é montada no dia 6 de dezembro, mas pelo menos por aqui o Natal está chegando cada vez mais cedo! Em outubro as lojas já tinham decoração para a época e ontem fui atrás de algumas coisas para incrementar a minha e vi que resta muito pouca coisa.

Mas as floriculturas da cidade estão cheias de árvore de Natal natural. Já observei que eles vendem as mesmas até na manhã do dia 24 – estas mesmas que estarão na calçada na frente das casas na semana seguinte. Aí a prefeitura passa e recolhe e espero eu que elas tenham um fim digno.

Em uma das floriculturas aqui perto de casa.

Em meio a tantos debates e manifestações em defesa do meio ambiente (aqui na Bélgica mesmo!), a popularidade da árvore de Natal natural só cresce. E este é um comércio cada vez mais lucrativo aqui na Bélgica, um belga a cada 5 opta pelo pinheiro natural.

Eu optei por uma árvore de Natal artificial, que não é tão linda quanto as opções naturais que vejo por aqui. Mas considero mais prática e pretendo usar a mesma por vários anos! Meu único porém até o momento é o fato de que queria ter colocado uns topes verdes para preencher mais ela, mas não encontrei fita.

Nossa árvore de Natal, precisando de uma luz natural para ganhar uma foto digna.

Infos sobre arvore de Natal aqui na Bélgica

  • Árvores compradas em potes podem ser replantadas com facilidade;
  • O preço de uma árvore natural não é nada amistoso (a partir de 38 euros!);
  • É possível comprar online em sites como o My Sapin (minha árvore) e o Sapin;
  • Cerca de 3,2 milhões de árvores de Natal foram vendidas em 2018 na Bélgica;
  • Este ano, a previsão é de que a Bélgica comercialize 3,5 milhões de árvores de Natal. A maioria delas, cerca de 3 milhões, será exportada para o exterior;
  • De acordo com um estudo do Lidl (rede de supermercados), 71% dos belgas aguardam o dia 6 de dezembro (São Nicolau, mais importante aqui do que o dia 24 de dezembro) para decorar sua árvore e 22% já o fizeram. Isso deixa cerca de 7% dos belgas sem uma árvore de Natal;
  • Apenas 21% dos belgas optam por uma árvore natural. São principalmente os falantes de francês que são fãs (26% contra 17% do lado holandês). E também os jovens. Para um em cada dois belgas, a árvore deve vir das florestas do país e 60% optam pelo tipo Nordmann, embora 27% digam que não sabem o que compraram;
  • O fato é que continua sendo um elemento de decoração bastante caro, especialmente quando se afasta das áreas de produção (nas Ardennes). 10% dos belgas admitem não ter pago nada e um em cada quatro belgas teve que pagar menos de 20 euros. Mas para quase metade (53%), são necessários até 50 euros, preços mais próximos do que vemos nas grandes cidades.
A árvore de Natal na Grand Place de Bruxelas, do tipo Nordmann, cultivada na Bélgica.

— — —

Está gostando das postagens temáticas na contagem regressiva para o Natal? Comente aqui! Para ver os posts anteriores do Blogmas, acesse aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.