Cronista da vida, das coisas e do mundo. Cultura, moda e arte.

Estilo

5 Documentários para repensar o consumo de moda

Nosso consumo de moda precisa mudar e aqui tem dica de cinco documentários para quem quer repensar suas escolhas na hora de comprar.

Lá no meu perfil Just Basics (@j.u.s.t.basics ) fiz uma semana de posts com foco na Fashion Revolution Week e se você não tem ideia do que estou falando, tem muito a ver sobre nosso consumo de moda. Muitas vezes, por trás daquela blusinha baratinha que você compra tem exploração de mão de obra barata e a peça faz parte de uma indústria que não tem preocupação nenhuma com o meio ambiente.

Talvez tendências e mundo fashion não sejam o seu interesse pessoal, mas se você compra roupas, tem sua parcela de participação no consumo de moda. Então, de certa forma, seria interessante que todos nós nos informássemos melhor sobre como funciona essa indústria, pois consumir moda de uma forma mais consciente é a principal tendência de moda. E isso influencia diretamente não somente no que você vai vestir, mas também no preço e opções.

Por isso indico abaixo uma lista de documentários sobre o assunto, para que sejamos mais conscientes sobre o que realmente acontece nesse setor.

5 Documentários para repensar o consumo de moda

1 – The True Cost, na Netflix

The True Cost é o mais conhecido desta lista. O documentário de 2015 tem foco no fast fashion e discute vários aspectos da indústria da moda, desde a produção – principalmente exploração de trabalhadores de baixa renda em países em desenvolvimento – até seus efeitos colaterais, como a poluição do solo e dos rios. A atenção do diretor do documentário Andrew Morgan foi atraída para o tópico após o colapso do Rana Plaza em 2013 em Bangladesh, que tombou e matou mais de mil trabalhadores. Iniciando o projeto em outubro daquele ano, ele viajou a treze países para coletar informações e realizar entrevistas.

— — —

2 – Coton: l’envers de nos tee-shirts (Algodão: o avesso de nossas camisetas)

Produção francesa do canal France 2 e disponível no Youtube gratuitamente, o documentário fala sobre o lado escuro da produção de algodão. Na Ásia, Bangladesh, Índia, a jornalista Sandrine Rigaud foi investigar sobre a produção do que ela chamou de “ouro branco”. Nas fiações de Bangladesh em particular, as trabalhadoras – muitas vezes muito jovens – vivem e trabalham nas fábricas como prisioneiras. Situações em que as grandes marcas francesas parecem fazer vista grossa.

—- — —

3 – The Next Black: um filme sobre o futuro das roupas

Outro documentário disponível gratuitamente no Youtube, The Next Black explora o futuro do vestuário, através da opinião de algumas das empresas mais inovadoras do setor.

— — —

4 – Minimalism: a documentary about the important things

Disponível na Netflix, a produção de 2016 enfoca o “menos é mais”, através de entrevistas com pessoas que rejeitam o materialismo excessivo dos dias atuais.

— — —

5 – Slowing Down Fast Fashion, por Alex James

Neste documentário de 2016 (disponível na Amazon Prime) o baixista da banda britânica Blur mostra a irracionalidade do consumo de moda desenfreado que vivemos atualmente. O músico que já assumiu ser consumidor compulsivo de roupas buscou com essa produção, mostrar um pouco do lado oculto da indústria da moda.

— — —

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.