Crônicas, lifestyle, armário-cápsula, nerdices e vida na Bélgica.

Filmes, Quadrinhos

Thor: Ragnarok estreia no Brasil dia 02/11

Data de lançamento foi alterada, por conta do novo calendário de filmes da Marvel, que passou a incluir as novas aventuras do Homem-Aranha.

Novo logo do filme Thor: Ragnarok, que estreia em novembro de 2017.

Muita coisa mudou em relação ao terceiro filme do Thor, desde que publiquei este texto aqui. Para se ter uma ideia, nem a atriz que havia sido anunciada para viver a vilã Hela (Kat Dennings) é a mesma, já que o papel acabou ficando com Cate Blanchett. Nesse meio tempo, personagens foram adicionados, outros caíram fora da história e se compararmos as notícias de quando o filme começou a ser produzido, com as divulgadas só este ano, parece que estamos falando de dois filmes diferentes.

Segundo informações da EW, – que por motivos de eu sei que vocês odeiam SPOILERS, não vou entrar em detalhes – de Ragnarok, a trama do novo filme do Thor não tem nada. O que, se considerarmos esta excelente análise do site Legião dos Heróis, faz todo sentido.

Claro que como formada em Letras e fã de mitologia, estava muito empolgada em ver esta trama nas telonas – a ver por este post detalhado onde explico o Ragnarok na mitologia nórdica – mas sei bem que esta não é uma transposição simples. E, de forma alguma, atinge o público alvo das produções de super-heróis Disney + Marvel Comics: família, incluindo crianças.

Essa nova abordagem, e que espero, venha com a retirada do Ragnarok do nome do filme até o lançamento, já pode ser identificada nas imagens divulgadas pela própria Entertainment Weekly. Mais cor, menos cabelo, uma Valquíria que não é nórdica como nas histórias de Thor (e que também desagradou em muito os fãs dos quadrinhos da Marvel) e provavelmente, muito mais humor do que se espera.

Para mim, desagrada muito essa mudança de posicionamento – parece que o filme começou a ser produzido com uma direção e mudou completamente, conforme os lançamentos que vieram logo depois. Não me sai da cabeça que Dr. Estranho só entrou porque o filme solo fez sucesso; que a data de lançamento foi mudada para não competir com o filme solo da Mulher-Maravilha (e perder na audiência?!).

Ah quem acredite que o movimento é contrário – que a DC Comics por ter começado a produção dos filmes depois, é quem muda seus planos conforme a Marvel Comics dança. Mas não concordo, pois atrás de Thor e todos os outros de sua turma, existe a Disney, que não vem demonstrando preocupação em fidelidade com quadrinhos e clássicos, mas sim dança conforme a onda do momento, tentando abraçar uma diversidade que não existe nas histórias que desejam contar.

Ficou claro que a DC Comics busca atingir um público bem diferente: o dos adultos que são, ou já foram muito fãs de quadrinhos. As mudanças realizadas em suas produções são muito mais relacionadas com as expectativas do público adulto do que com qualquer outra coisa.

Mas, como este outro universo não é o assunto desse post, deixo vocês com essa retificação e minha breve opinião sobre o terceiro filme do Thor estreia em novembro, dia 2, e não em julho como informei anteriormente. O filme vem depois do que o anunciado inicialmente, e com uma produção visual muito diferente, bem colorida, bem anos 80 (a ver pelo logo que abre esse post) e nada sombria, como se espera de um apocalipse nórdico.

— — —

E aí, gostaram do novo visual do filme do Thor?

One thought on “Thor: Ragnarok estreia no Brasil dia 02/11

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.