Crônicas, lifestyle, armário-cápsula, nerdices e vida na Bélgica.

Geral

Sessão de Quinta: Primeiro ano na Bélgica

Post breve sobre este primeiro ano vivendo na Bélgica

Nós - Imaginação Fértil

Nós, na Grand Place.

Hoje faz um ano que desembarcamos, de mala e cuida, para viver na Bélgica. Quando visitamos o país em 2013, nem por um segundo imaginei que hoje poderia estar aqui, escrevendo de um apartamento em Bruxelas. Da nossa janela, um pouco dos contrastes que refletem a grande diversidade existente na sede da União Europeia: vejo prédios novos e antigos. Vejo prédios históricos, mas também imponentes construções com acabamento em vidro, e gosto disso.

Um ano que passou rápido, com tantas coisas novas e boas e que até outro dia, ainda lá em Porto Alegre, pareciam ser praticamente impossíveis. Tantas coisas legais que estamos vivendo, que mal damos conta de assimilar tudo. Um ano em que sofremos muito pelas coisas tristes que aconteceram e continuam acontecendo na terra de onde viemos. Sim, pois o fato de estarmos aqui não faz com que deixemos de gostar do Brasil e de tantas coisas e pessoas boas que ficaram por lá.

Um ano também para agradecer às pessoas que nos oportunizaram estar aqui. E que com isso, viabilizaram indiretamente tantas outras que sempre desejamos, mas que raramente eram possíveis. Um ano conhecendo esse país tão pequeno e ao mesmo tempo tão rico em história, cultura, pessoas e lugares incríveis, além de muitas oportunidades.

Mas um ano passa rápido, e é pouco, muito pouco para conhecer bem este país encantador. Ainda existem muitas cidades para visitar, outras para rever, holandês e francês para aprender, entre tantas outras coisas a fazer para viver intensamente este país.

Desde que chegamos, a pergunta que mais ouvimos é “até quando pretendem ficar por aqui?” Ao que respondo: “Enquanto a Bélgica permitir, ficaremos por aqui.” E espero que seja por muito tempo, pois este país nos cativou profundamente e somos grandes admiradores do caráter dos belgas, sua força e sua história.

Nos próximos posts dessa sessão, algumas reflexões sobre aspectos específicos do país como língua, cultura, comportamento, dia a dia, história, economia e etc., para que conheçam mais sobre a Bélgica. Penso ser importante compartilhar, pois estarei abordando as principais perguntas que recebemos de todos sobre clima, adaptação, pessoas, custo de vida, língua e muito mais.

De qualquer forma, segue o meu obrigada aos envolvidos e um beijo enorme para esse país, que pouco conheço, mas já amo tanto.

Bruxelas - Imaginação Fértil

Um dos prédios da magnífica Gran Place de Bruxelas.

Contraste entre o novo e o velho em Bruxelas - Imaginação Fértil

Os contrastes entre o velho e o novo, na De Brouckère.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.