Crônicas, lifestyle, armário-cápsula, nerdices e vida na Bélgica.

Música

Música de segunda tem The Wallflowers

Segunda-feira não costuma ser o melhor dia da semana, e esta vem ao som de 6th Avenue Heartache do The Wallflowers.

Segunda-feira é um dia que quer ser passado rápido, então para ajudar eu vou contar uma história. Ou sobre como conheci esta 6th Avenue Heartache do The Wallflowers, a banda do Jakob Dylan. Não, você não leu errado, é a banda do filho (voz e cara denunciam) do próprio Bob Dylan.

Não sei se era uma segunda, mas era dia de semana e (acho que em 1998) e uma professora da escola trouxe alguns discos de seus filhos para que colocássemos para todos ouvirem no intervalo das aulas. Eu curti, e ouvi o disco inteiro – chama-se Bringing Down the Horse – por muitas e muitas vezes. Até cair no meu esquecimento.

Capa do disco Bringing Down The Horse, do The Wallflowers.

Uma segunda qualquer (das últimas) o marido a trouxe de volta para a minha trilha sonora e aqui “apresento” ela. Eu sei que a letra é um pouco nonsense, mas o que sempre gostei nela foi a melodia mesmo – perfeita para embalar um dia melancólico como hoje.

Não é novidade, eu sei, mas quem disse que música tem idade? Toca o play aí, e nesta segunda fique com 6th Avenue Heartache do The Wallflowers.

— — —

Letra de 6th Avenue Heartache do The Wallflowers

Sirens ring, the shots ring out

A stranger cries, screams out loud

I had my world strapped against my back

I held my hands, never knew how to act

And the same black line that was drawn on you

Was drawn on me

And now it’s drawn me in

6th Avenue heartache

Below me was a homeless man

I’m singin’ songs I knew complete

On the steps alone, his guitar in hand

It’s fifty years, stood where he stands

Now walkin’ home on those streets

The river winds move my feet

The subway steam, like silhouettes in dreams

They stood by me, just like moonbeams

Looked out the window, down upon that street

And gone like a midnight was that man

But I seen his six strings laid against that wall

And all his things, they all look so small

I got my fingers crossed on a shooting star

Just like me- he just moved on

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.