Crônicas, lifestyle, armário-cápsula, nerdices e vida na Bélgica.

Estilo, Geral

Armário-cápsula: como selecionar roupas

Dicas para quem quer começar a viver com um capsule wardrobe ou simplesmente quer organizar o guarda-roupa, mas não sabe por onde começar.

Independente de você ser adepta do armário-cápsula ou não, organizar o guarda-roupa vez ou outra é sempre necessário. Não que se deva usar um método (isso é bem opcional, e existem muitos), mas qualquer dica é sempre bem-vinda, não é mesmo? Nesse tanto ler sobre capsule wardrobe e estilo de vida minimalista, descobri um mundo de informações que valem ser compartilhadas.

Digo isso porque no momento em que começamos a mexer nas nossas roupas, fica fácil se perder ou gastar horas sem terminar a tarefa. Ok, sei que existem pilhas de profissionais que podem te ajudar em uma possível seleção de roupas para encontrar seu estilo, mas se você é daquelas que gosta de fazer as coisas por conta própria como eu, este é o seu lugar.

Algumas dicas já compartilhei neste post sobre Como montar um Armário-Cápsula; hoje vamos nos aprofundar um pouco no assunto. Mas, sem muitas delongas, vamos ao que importa? Arregace as mangas e bom trabalho!

Como selecionar roupas para um armário-cápsula (ou apenas organizar seu guarda-roupa)

  • Esvazie o armário

Tire todas as roupas (and calçados, acessórios, roupas íntimas) do armário e gavetas. É uma forma de você ver o quanto tem (e geralmente, há muito mais do que precisamos mesmo). Enquanto esvazia o guarda-roupa, vai perceber de forma mais clara qual é o se estilo, o que você gosta e o que não (pois vai na hora identificar o que mais usa e o que nunca usa).

  • Faça pilhas

Sim, você vai dividir para somar. Separar o que usa e o que não. Para decidir o que fica e o que não fica. Este é o momento de classificar tudo que você tem e dar o destino correto.

Pilha 1: Sim, com certeza – roupas, calçados e acessórios que você ama e não quer se desfazer de jeito nenhum;

Pilha 2: Sim, mas não agora – tudo o que precisar de algum tipo de reparo (limpar, costurar, colocar salto, colocar um botão…). Inclua aqui peças que deseja modificar ou personalizar;

Pilha 3: Talvez – aquilo que você te dúvidas. Que no momento não está te vestindo bem, a cor está muito fora da moda, o que tem valor sentimental, o que custou muito caro;

Pilha 4: Sim, mas só na próxima estação – aqui entra tudo aquilo que é sazonal. Como agora é inverno, se pretende fazer esta faxina antes de começar a primavera, é nesta pilha que as roupas de inverno entram;

Pilha 5: Não – todas as roupas que você não usa (porque não gosta ou não servem mais) e não quer mais em seu guarda-roupa. Se você não tem certeza sobre determinada coisa (se ainda te serve, se fica bem), prove na hora. Mas não deixe para fazer depois.

Uma arara pode ajudar muito na hora de organizar o guarda-roupa.

  • Dê um destino para tudo

Depois de categorizar suas roupas, calçados e acessórios, está na hora de dar um destino para cada um das pilhas.

Destino pilha 1: guarde de volta no seu armário;

Destino pilha 2: separe o que precisa limpar, o que precisa costurar, levar no sapateiro, arrumar de alguma forma e providencie que isso seja feito logo. Do contrário, vão ficar abandonados por pelo menos mais um ano!

Destino pilha 3: guarde em uma caixa, mala parte não acessada facilmente do seu guarda-roupa. Se precisar, você sabe onde está e vai usar. Se ficar ali por um ano sem uso, é hora de rever se você precisa mesmo guardar aquilo, ou se está na hora de desapegar;

Destino pilha 4: as roupas sazonais merecem ser guardadas de forma adequada – limpas e protegidas de calor e umidade. Isso garante que estarão em dia para usar novamente na próxima temporada. Vale usar conservantes naturais como a naftalina (ou versões modernas de cheiro mais agradável). Eu costumo usar sacos de embalagem a vácuo;

Destino pilha 5: a pilha do não vai para doação! Sempre é possível encontra alguém que faça uso, ou mesmo recicle.

Antes de finalizar a organização…

Verifique se seu guarda-roupa tem roupas. calçados e acessórios, na mesma proporção do que a pirâmide abaixo:

Para entender melhor quais são as roupas básicas do guarda-roupa feminino, leia este post aqui. Lá é possível fazer um checklist com o que já tem e identificar o que está faltando.

Na hora de montar seu armário-cápsula

  • Selecione as roupas da estação. Se deseja comprar algo específico para usar no armário-cápsula, nomeie a mesma em um papel para não deixar fora na contagem;
  • Escolha alguns básicos – um bom capsule wardrobe tem uma base feita de básicos (conheça todos neste post aqui!);
  • Pense na programação da temporada – viagens, eventos e coisas que pretende fazer, para não sentir falta de nada;
  • Pesquise o clima – geralmente antes de começar cada estação, os principais meios de comunicação informam sobre como será o clima (se será um verão ameno, por exemplo, você vai acabar não usando tanta roupa curta);
  • Separe as peças que deseja que façam parte deste armário-cápsula e conte para ver se fecham com o número de peças que pretende ter (lembre, esse número vai variar muito de acordo com a sua rotina. Se você trabalha e estuda, vai precisar de 37 peças só de roupa, por exemplo. mas não se fixe demais nele; cada estação pode ter um número diferente de peças;
  • Lembre que as peças precisam combinar entre si, por isso é importante montar um plano com paleta de cores, como já falei neste post aqui;
  • Só saia para as compras se realmente estiver precisando!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *