Crônicas, lifestyle, armário-cápsula, nerdices e vida na Bélgica.

Geral

Sessão de Quinta: Art Nouveau

Um pouco sobre o estilo Art Nouveau e meu novo vício: postar fotos inspiradoras sobre este requintado estilo arquitetônico.

IMAG7459

Chão com mosaico estilo Art Nouveau no Museu Carnavalet em Paris.

Não sou grande entendedora de arquitetura, mas sempre tive curiosidade grande sobre a estrita relação que ela tem com a história. Também tenho preferência por um estilo ou outro, pela imagens que consigo formular a partir delas, pois gosto de imaginar o que se passou em outros tempos.

A arquitetura tem estado cada vez mais presente nas representações que aprecio olhar (mais do que pinturas, por exemplo), desde que estamos vivendo na Bélgica. Tudo por que Bruxelas possui uma infinidade de construções no estilo Art Nouveau, construções belíssimas e inspiradoras.

Sempre que posso, busco identificar os traços desse estilo em todos os lugares que vou na cidade. Se tenho dúvidas, busco referências em sites especializados para confirmar. Para quem tem interesse, alguns dos meus cliques podem ser vistos no perfil no instagram Instaartnouveau. Se desejar me prestigiar, é só clicar!

Conheça um pouco mais sobre o estilo arquitetônico que é o meu mais novo xodó.

O estilo Art Nouveau

O estilo Art Nouveau (de 1893 à aproximadamente 1914), é um movimento internacional de arquitetura e artes decorativas com fortes variações, nascido em reação aos estilos “neo”. Apesar de sua grande popularidade e desenvolvimento na Europa, influenciou arquitetos e designs do mundo todo durante o período que antecipou a Primeira Guerra Mundial.

Tem como principal característica a preocupação com as formas e estruturas naturais (animais, flores e plantas), além de linhas curvas. Se desenvolveu durante o período chamado de Belle Époque.

Apesar da curta duração, é considerando um importante movimento de transição entre o Historicismos e o Modernismo. Estes monumentos hoje são tombados como patrimônios históricos da humanidade.

Na Bélgica, esta corrente tem duas tendências: por um lado, sob o comando de Victor Horta, temos a Art Nouveau “floral”, com linhas orgânicas, animais, vidro e ferro; por outro lado, a nova arte geométrica, influenciado pela arte de Paul Hankar ou separação vienense.

Se você aprecia arquitetura e Art Nouveau, não deixe de seguir o IG Insta Art Nouveau!

Algumas referências em Art Nouveau:

Riga Art Nouveau - Imaginação Fértil

Centro histórico de Riga na Letônia possui a melhor coleção de construções Art Nouveau da Europa.

Hôtel Ciamberlani - Imaginação Fértil

Hôtel Ciamberlani de Paul Hankar em Bruxelas.

Maison de Saint Cyr - Imaginação Fértil

Maison de Saint Cyr em Bruxelas, obra Art Nouveau do arquiteto Gustave Strauven.

Casa Batlló, obra de Antoni Gaudí em Barcelona.

Casa Batlló, obra de Antoni Gaudí em Barcelona.

Fachada do Museu Victor Horta - Imaginação Fértil

Fachada do Museu que foi casa e estúdio de Victor Horta, a principal referência no estilo Art Nouveau na Bélgica. Para visitar o museu, no Receita de Viagem tem post explicando tudo!

Entradas Art Nouveau do Metro de Paris - Imaginação Fértil

Entradas em estilo Art Nouveau do Metro de Paris.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.