Crônicas, lifestyle, armário-cápsula, nerdices e vida na Bélgica.

Estilo

Armário-Cápsula Fluído

Conheça o Armário-Cápsula Fluído no segundo post da série Além do Armário-Cápsula tradicional.

O armário-cápsula é um bom começo para aqueles que querem limpar seu guarda-roupa e encontrar seu estilo de uma vez por todas. Seu sistema, se respeitadas as regras depois de definidos os objetivos, permite com que você aprenda mais sobre seu estilo e redefina seus hábitos de compra. Vivi esta experiência por um ano e todas as postagens sobre o assunto você lê aqui.

Mas acontece – para muitas pessoas, pode acreditar! – que o armário-cápsula, depois de um tempo, passa a ser meio entediante. Você compra geralmente durante uma temporada e não pode usar (vai quebrar suas próprias regras!), ou você não compra, pois está fora do budget (que você mesma determinou), entre várias outras pequenas frustrações.

E isso é normal! Pois viver com um guarda-roupa limitado não é para todo mundo. E em algum ponto, há quem desista de vez de consumir de forma mais consciente, e há quem busque por algo novo. É o caso da dinamarquesa do blog (e canal do youtube) Useless, que adotou depois de um período usando o capsule wardrobe estático, um Armário-Cápsula Fluído.

Mas como funciona isso, exatamente? Siga lendo que explico já!

Armário-Cápsula Fluído

Image by Useless.

O armário-cápsula fluído, assim como o sistema tradicional, é dividido por estações. Mas sazonais são somente as peças que não são usadas nas outras estações e as que são tendência (que você pode resgatar do seu guarda-roupa ou adquirir). A base disso tudo, é o guarda-roupa de básicos, repleto de roupas, calçados e acessórios que você usa o ano todo.

Analisando, faz muito mais sentido, principalmente para quem vive em lugares onde as quatro estações não são definidas (nordeste do Brasil por exemplo!).

Veja como montar um armário-cápsula fluído

  • Selecione suas roupas básicas (baseados na sua preferência e no clima do lugar onde você vive) para usar o ano inteiro, aquilo que você usa com regularidade;
  • Determine um número de peças de roupa (além dos básicos, apenas para não deixar seu guarda-roupa completamente lotado e com peças de difícil acesso);
  • Selecione as peças sazonais – próxima estação no BR é o verão, então separe as peças que você gosta de usar nesta época do ano, lembrando que logo que começar a estação será Natal e Ano Novo. Lembre se terá férias, viagens e etc;
  • Identifique as tendências com as quais se identifica. Pode parecer redundante, mas é importante lembrar antes de comprar coisas como: blusas de ombro a ombro estão na moda, mas eu não me sinto confortável em usar. Nem tudo que é moda precisa ser usado;
  • Antes de comprar algo novo, verifique se já não tem alguma peça que possa ser aproveitada;
  • Se não tem, acha que precisa e que combina com o seu estilo, vá as compras! Mas busque sempre consumir de forma consciente (um brechó?!), optando por peças de segunda mão ou de qualidade superior, e que vão te acompanhar por anos;
  • Por fim, guarde as roupas que você não pretende usar durante a estação. Para evitar o caos e o eterno dilema do eu não tenho nada para vestir.

Se você não sabe como começar a montar uma lista de roupas básicas do guarda-roupa feminino, aqui tem uma lista para você conferir o que tem e o que está faltando!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *