Crônicas, lifestyle, armário-cápsula, nerdices e vida na Bélgica.

Geral

Aquiescências

Ultimamente estamos bem caseiros, para poder dar conta de projetos que estamos desenvolvendo em casa. Mas isso não nos impede de tomar uma cervejinha e jogar conversa janela afora, como forma de relax entre tanto trabalho e concentração.

Nada como uma Eisebahn Strong Golden Ale para nos embriagar levemente, sem nos entupirmos de cerveja. No aleatório do computador a música que nos embalou ia de Engenheiros do Hawaii a Led Zeppelin. Gostosas conversas sobre lua e visitas a observatórios astronômicos.

A noite termina com perfeição porém o dia seguinte é de preguiça. Enganam-se meus caros, se pensam que nossa cerveja favorita provoca ressaca. Dá sede, sanada com chimarrão. O que me incomoda neste sábado tranquilo é ter sonhado com pessoas de um passado tão, tão distante.

Ah meu amor, como invejo tua capacidade de racionalidade para as coisas, a ponto de sonhar com necessidades totalmente plausíveis, como algo para saciar a sede!

E é por conta do desejo de ser como você em muitas coisas que te amo, pois o que é amar se não desejar ser como a quem se ama?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.